A Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), realizou, na manhã desta terça-feira (18), audiência pública para conscientizar a população sobre as patologias tema da campanha “Fevereiro Roxo”, como: fibromialgia, Lúpus e Alzheimer. O encontro, proposto pelo deputado distrital, Robério Negreiros (PSD), teve como finalidade debater políticas públicas voltadas às pessoas com as síndromes e conscientizar a população para a importância do diagnóstico precoce e correto.

As doenças representadas pela campanha são nitidamente distintas, mas que possuem, em comum, o fato de serem patologias que não possuem cura. Atualmente, no Brasil, cerca de 6.5 milhões de pessoas sofrem com lúpus, fibromialgia ou mal de Alzheimer. Cada um dos transtornos tem suas peculiaridades, mas todos requerem atenção e cuidados que podem, inclusive, diminuir as dores e desconfortos de seus respectivos sintomas, podendo até mesmo serem controlados e/ou retardados.

“Se não houver cura, que ao menos haja conforto”

De acordo com o deputado, Robério Negreiros, a campanha do “Fevereiro Roxo” tem como lema: “se não houver cura, que ao menos haja conforto”, aludindo à importância de proporcionar bem-estar aos pacientes com essas doenças crônicas.

“Devido à complexidade do tema, a discussão se torna de extrema importância para a população. Pensando nisso, apresentei um Projeto de Lei nesta Casa, incluindo o “Fevereiro Roxo” no calendário oficial do Distrito Federal”, ressaltou o distrital.

Robério disse também que, as causas dessas doenças ainda são um mistério para cientistas ao redor do mundo, viver uma vida saudável é a melhor maneira de prevenção, e também reafirmou seu compromisso com está nova causa. “Como já é de conhecimento de todos, sou engajado na luta das pessoas com deficiência e mais uma vez me coloco a disposição para abraçar este novo tema, pois ao longo do nosso mandato, trabalhamos por melhorias na qualidade de vida de toda a população do Distrito Federal”, frisou o parlamentar.

Veja algumas imagens do evento: