O MOVIMENTO ORGULHO AUTISTA BRASIL – MOAB começou em 2005, sob a inspiração de pais norte-americanos que no ano anterior nos EUA, celebraram pela primeira vez, em 2004, o Dia do Orgulho Autista.

Portanto, em 2005, o 18 de junho passou a ser uma data mundial, celebrado também em alguns países da Europa e no Brasil.

Em nosso país tudo começou na capital federal, mais precisamente na saída de Brasília para o Rio de Janeiro, no posto de fiscalização da Polícia Rodoviária Federal, com a primeira “Blitz do Autismo”, quando os pais e amigos dos autistas distribuíram panfletos aos motoristas que foram parados pelos policiais.

Os integrantes do MOAB acreditam no respeito às diferenças, à neurodiversidade dos seres humanos , inclusive dos autistas. Sem, entretanto, descartar as necessidades especiais e específicas de cada sujeito, inclusive a necessidade de tratamentos, terapias, medicações, etc – como qualquer ser humano.

O MOAB é formado por pais, mães, familiares e simpatizantes da causa dos autistas.

O objetivo maior do MOVIMENTO é levar aos autistas e às suas famílias melhor qualidade de vida, empreendendo para isto diversas estratégias, tais como: mobilizações, campanhas, propostas de leis, realização de audiências públicas, sessões solenes, implantação de políticas públicas, denúncias de violações de direitos, convênios, programas de atendimento, parcerias públicas e privadas, etc.

Ao longo dos anos o MOAB cresceu, e colocou o Brasil no primeiro lugar nas celebrações pelo Dia Mundial do Orgulho Autista, envolvendo sempre o Congresso Nacional do país e, consequentemente, liderando a disseminação das necessidades desse segmento, sendo responsável direto implementação de diversas políticas públicas de atendimento direto aos cidadãos e pela inclusão da Convenção sobre os Direitos das Pessoas com Deficiência da ONU no legislativo brasileiro, além de leis específicas nacionais, estaduais e municipais que envolvem as pessoas com deficiência e os autistas.

O MOAB é regido por princípios éticos e possui sede em Brasília, com uma estrutura organizacional conforme as normas legais brasileiras, que envolve voluntariamente Diretores, Conselheiros, Coordenadores e demais associados, que atuam em diversos estados e municípios brasileiros e também no exterior, destacando, em especial, as datas:

– 18 de fevereiro – Dia Mundial da Síndrome de Asperger

– 02 de abril – Dia Mundial de Conscientização sobre o Autismo

– 18 de junho – Dia Mundial do Orgulho Autista

– 21 de setembro – Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

– 09 de outubro – Dia do Autismo no Orçamento

– 03 de dezembro – Dia Internacional das Pessoas com Deficiência

Sempre na luta pela melhoria da qualidade de vida dos autistas e de suas famílias, respeitando as diferenças e acreditando na necessidade fundamental da dignidade humana.