Desde a antiguidade os números fazem parte do cotidiano humano. De contagens simples a cálculos elaborados que deram sustentação às grandes conquistas da humanidade, as cifras sempre nortearam o nosso modo de vida. Prova disso, é que grande parte das mentes mais brilhantes da história foram e são profundos conhecedores do universo matemático.

O expansionismo comercial do período entre os séculos XV e XVIII, abriu caminho para o surgimento na Europa, de um novo modelo econômico, fundamentado no protecionismo e nos resultados das atividades comerciais. Em resumo, era preciso aumentar as receitas e diminuir as despesas.

No mundo atual, os números adquiriram ainda mais relevância com a dinâmica vertiginosa do universo financeiro. As empresas se multiplicaram, as operações foram intensificadas e a busca por uma gestão econômica eficiente, em todas as circunstâncias, tornou-se uma preocupação constante para o Estado e para a sociedade moderna.

Assim, as carreiras orientadas às boas práticas financeiras são fundamentais para o atendimento das necessidades do mundo atual. Nesta medida, os profissionais de contabilidade desempenham importante função de análise das variações quantitativas e qualitativas que ocorrem no patrimônio dos indivíduos, das entidades e do próprio Estado.

Seguindo a trilha de grandes contabilistas brasileiros está o senhor Adriano de Andrade Marrocos, nascido na Vila Planalto, em Brasília, em abril de 1966. Formado em Ciências Contábeis pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal, em agosto de 1990, onde também concluiu o curso de especialização lato sensu em Administração Financeira, em 1995. Professor Universitário desde 1991, e um dos fundadores da Academia de Ciências Contábeis do Distrito Federal, é considerado um expoente da carreira na Capital.

Pelos relevantes serviços prestados a nossa sociedade, nada mais justo a homenagem que hoje se faz ao senhor Adriano Marrocos, concedendo-lhe o título de Cidadão Benemérito de Brasília.
Por fim, diante da nobreza das atribuições e da proficiência característica dos bons profissionais, hoje, nesta Sessão Solene em homenagem ao Dia do Profissional Contábil, quero parabenizar todos vocês, por cuidarem do patrimônio de outros e por estarem, há tanto tempo, transformando números em histórias reais de prosperidade.
Parabéns!

Veja algumas fotos do evento: