Projeto de Lei, de autoria do deputado distrital, Robério Negreiros (PSD), institui o “Dia Distrital de Combate ao Lúpus”, a ser celebrado anualmente, no dia 10 de maio. A proposta, que começou a tramitar na Câmara Legislativa, nesta quinta-feira (27), tem a finalidade de chamar a atenção da população e do poder público sobre o Lúpus. A data do “Dia Distrital de Combate ao Lúpus”, passará a integrar o Calendário Oficial de Eventos do Distrito Federal.

Comemorado pela primeira vez em 2004, no Reino Unido, o Dia Mundial do Lúpus enfoca a necessidade de conscientização pública sobre a patologia, estimulando a compreensão sobre ela, maior atenção dos médicos, aumento da investigação sobre as causas e procura de uma cura.

O lúpus é uma doença inflamatória crônica desencadeada por um desequilíbrio no sistema imunológico, que pode afetar órgãos como a pele, os rins, coração, pulmões e o cérebro. Entre os sintomas mais comuns estão dores articulares, sensibilidade exagerada ao sol e manchas avermelhadas na pele. A doença ainda não tem cura, mas existem tratamentos que ajudam a controlar as crises e a evolução da enfermidade.

De acordo com pesquisa do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, cerca de 150 mil novos casos surgem no Brasil a cada ano. É uma doença autoimune, complexa e de difícil diagnóstico.

Em sua justificativa, o distrital ressaltou que já acontece o Dia Mundial de Luta Contra o Lúpus, no dia 10 de maio.

“O dia teve que ser escolhido no calendário para que as pessoas pudessem conhecer mais sobre essa doença e saberem que, apesar de difícil, é possível viver bem, mesmo sofrendo desse mal autoimune”, lembrou Robério Negreiros.