Na década de 1980, o Brasil chegou a produzir álcool em volume suficiente para rodar 94% da frota de carros em circulação naquele período. Além disso, foi responsável pela primeira patente de biodiesel do mundo. Atualmente, o país figura em 2º lugar no ranking dos maiores produtores de biocombustíveis, segundo apontou o relatório da British Petroleum (BP) Statistical Review of World Energy, em 2016.

Pensando nisso, elaboramos o Projeto de Lei 1844 de 2017, que cria a Política Distrital de Biocombustíveis no Distrito Federal. Dentre os principais objetivos da proposição estão: a geração de empregos; a promoção do desenvolvimento econômico da região; o fomento à inovação; além de contribuir para o atendimento aos compromissos do Estado brasileiro no âmbito do Acordo de Paris sob a Convenção-Quadro das Nações Unidas Sobre Mudança do Clima.


#VamosJuntos #Biocombustíveis #Desenvolvimento #RobérioNegreiros #PSDB

Para compartilhar: