Em novembro do ano passado, o deputado Robério Negreiros (PSD) apresentou o Projeto de Lei 1.557 de 2020, que defende o ensino da língua portuguesa conforme está previsto na norma culta, com gêneros feminino, masculino e mesmo o neutro. O PL 1.557/2020 está pronto para ser votado pelo Plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF).

De acordo com o deputado Robério Negreiros, recentemente, as redes sociais foram invadidas por uma série de debates, muitas vezes de cunho ideológico, acerca da não utilização dos gêneros feminino, masculino e neutro. “ Não podemos limitar o acesso ao ensino da norma culta da língua portuguesa de milhares de alunos, por estarem sujeitos às questões ideológicas e de modismo para defender as pessoas que se autodenominam não binárias, ou seja, não se identificam no universo masculino ou feminino existentes para definir os gêneros. À escola, pública ou privada, compete o papel de ensinar. Já os cidadãos, por sua vez, podem e devem escolher viver como quiserem e ainda assim havemos de defender o melhor ensino a todos”, argumenta o deputado Robério Negreiros.

Conheça o PL 1.557/2020:

https://legislacao.cl.df.gov.br/Legislacao/carregaTexto-98113!TextoRedacaoInicial!carregar.action

Para compartilhar: