De acordo com estudos do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE), realizado no início deste ano, os micro e pequenos negócios representam 99% do total de empresas no Brasil. As pequenas companhias são as que mais geram emprego com carteira assinada. O comércio concentra a maior parte das empresas, somando 41%. Nas últimas três décadas, as micro e pequenas empresas (MPE) vêm desempenhando um papel cada vez mais estratégico na economia brasileira, e hoje já respondem por 30% do valor adicionado ao PIB do país.

Para o deputado distrital, Robério Negreiros (PSD), oriundo do setor produtivo, estes dados confirmam o peso que as micro e pequenas empresas têm na economia brasileira, funcionando como um abafador, especialmente em momentos como o que o país vive atualmente.


“Precisamos criar políticas de incentivo a essas empresas para ajudar a mantê-las e salvar os empregos de tantos brasilienses”, ressaltou Robério.