Os postos de atendimento e as agências bancárias do Distrito Federal poderão ficar obrigados a disponibilizar às pessoas com nanismo, escadas móveis junto aos balcões de atendimento e caixas eletrônicos. O Projeto de Lei nº 715/2015, de autoria do deputado distrital, Robério Negreiros (PSD/DF), foi aprovado na última quarta-feira (8), na Comissão de Assuntos Sociais – CAS, da Câmara Legislativa. A finalidade da proposta é promover a inclusão social e instituir mais um instrumento de acessibilidade às pessoas com nanismo no âmbito do Distrito Federal.

De acordo com o deputado Robério Negreiros, as pessoas com nanismo ainda são discriminadas pela sociedade de uma forma geral. Ainda é muito tímida a indignação da sociedade, e até mesmo de suas vítimas, contra os preconceitos. “A falta de acesso apropriado para estas pessoas nos diversos bens públicos, como por exemplo, telefones, banheiros públicos, ônibus, trens, cinemas, entre outros, não deixa de ser um desrespeito, por isso, temos de iniciar todo um processo de conscientização para o fato”, ressaltou.

Para compartilhar: