A Câmara Legislativa aprovou, nesta semana, o Projeto de Lei nº 135/2019, de autoria do deputado Robério Negreiros (PSD), que determina que os cursos de informática, lan houses, cyber cafés e demais estabelecimentos do gênero disponibilizem, pelo menos, um computador com acessibilidade para pessoas com deficiência visual. A finalidade da proposição é instituir, de forma simples, mais um instrumento de acessibilidade aos deficientes visuais no âmbito do Distrito Federal. O Projeto foi aprovado em segundo turno e, agora, vai à sanção do governador Ibaneis Rocha. Para o deputado Robério Negreiros, a proposta, além de promover uma maior inclusão social, não vai gerar maiores gastos aos empresários do setor.

“O valor final dessa adaptação é de baixo custo, em razão da aquisição de programas específicos e acessórios que garantam a comunicação verbal”, lembrou.

Para compartilhar: