O Projeto de Lei nº 1.320/2020, de autoria do Deputado Robério Negreiros, prevê a realização de sessão de cinema adaptada a pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e suas famílias, no âmbito do Distrito Federal, foi aprovado pela Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF) nesta-feira (7). O PL 1.320/2020 necessita ainda da sanção do governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), para virar lei.


“Meu objetivo é promover a inclusão das pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e garantir o acesso tão necessário para essas pessoas, que já são tão excluídas, às atividades mais comuns do dia-a-dia. As pessoas autistas têm questões de processamento sensorial que fazem com que estímulos como as luzes e os barulhos cheguem de forma diferente ao cérebro, às vezes mais fortes do que deveriam, o que, em alguns casos, acaba se tornando insuportável. Por isso existe a necessidade de adaptação, de acessibilidade”, destaca Robério Negreiros.

PARA COMPARTILHAR: